Quase um mês depois de iniciar o confronto de oitavas de final da Copa Sul-Americana diante do Universidad Católica, o São Paulo volta a enfrentar o mesmo adversário nesta quarta-feira, no Chile. No Morumbi, as equipes empataram em 1 a 1, mas atualmente o momento do time brasileiro é outro, o que deixa o goleiro Rogério Ceni confiante na classificação.

 

“Nosso momento hoje é diferente daquele, de um mês atrás, quando estávamos muito pressionados pela campanha no Brasileiro. Mesmo assim, vai ser um jogo difícil, assim como foram as três partidas que fizemos contra a Católica recentemente (as outras duas pela Sul-Americana de 2012). O time se encontra bem e temos confiança que podemos sair daqui classificados”, disse, no desembarque da equipe em Santiago.

 

Desde o empate na ida, o São Paulo atuou sete vezes no Brasileirão, com quatro vitórias, duas derrotas e um empate. O retrospecto recente fez a equipe saltar da 15.ª para a décima posição, sete pontos distante da zona de rebaixamento, o que aumentou a confiança da equipe.

A delegação são-paulina chegou ao Chile na madrugada desta terça-feira e foi recebida por alguns torcedores no aeroporto. Até pelo desgaste da viagem, os jogadores ficarão no hotel durante todo o dia é só sairão no começo da noite, às 20 horas (de Brasília), para fazer o reconhecimento do estádio San Carlos de Apoquindo.