Rogério Dutra Silva garantiu vaga na chave principal de Roland Garros ao arrasar o espanhol Javier Martin por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, nesta sexta-feira, na terceira rodada do qualifying do Grand Slam francês. Com isso, ele garantiu a presença de três tenistas do Brasil na competição, pois Thomaz Bellucci e João Souza asseguraram participação no torneio por antecipação.

Rogerinho é o atual 121.º colocado do ranking mundial e hoje figura como tenista número 3 do Brasil, atrás justamente de Bellucci e João Souza, respectivos líder e vice-líder do País na atualidade. E ele jogará pela primeira vez a chave principal de Roland Garros.

Será o segundo torneio de Grand Slam disputado por Rogério Dutra Silva, que no ano passado também conseguiu passar pelo qualifying do US Open, em Nova York, onde deu sorte ao contar com a desistência do irlandês Louk Sorensen para avançar à segunda rodada.

Antes de Rogerinho avançar à chave principal em Paris, outros dois brasileiros foram eliminados em fases anteriores do qualifying: Thiago Alves e Julio Silva, que caíram respectivamente na segunda e primeira rodada deste estágio qualificatório da competição.

O rival do brasileiro na estreia em Roland Garros ainda será definido por meio de sorteio, após o término da disputa do qualifying, que vive o seu último dia de disputas. Em um dos confrontos realizados nesta sexta, o veterano alemão Tommy Haas, ex-número 2 do ranking mundial, assegurou vaga na chave principal ao bater o espanhol Ivan Navarro por 2 sets a 0, com 6/4 e 6/1. Atualmente na 112.ª colocação da ATP, o tenista de 34 anos também espera pela definição do seu rival na estreia na chave principal através de sorteio.