São Paulo – O meia Roger é o mais novo desfalque do Corinthians na reta final do Brasileirão. Ele sofreu uma lesão muscular de grau 1 no bíceps femural da coxa esquerda durante a vitória sobre o Santa Cruz e está fora dos dois próximos jogos, contra Atlético-PR, amanhã, em Curitiba, e Figueirense, domingo, em Florianópolis.

Roger nem sequer viajou com a delegação para o sul do país ontem à noite, assim como Ramón (lesão na coxa esquerda), Coelho (lesão na perna direita) e Amoroso (com dores no pé direito). Eles farão tratamento no Parque São Jorge e a expectativa dos médicos é que sejam liberados para o jogo contra o Fluminense, no dia 18.

Além desses jogadores, Leão não poderá contar contra o Atlético-PR com os volantes Marcelo Mattos e Magrão, suspensos. No entanto, eles seguem com o time, já que estarão novamente à disposição no domingo.

Punição

A diretoria corintiana anunciou ontem que suspendeu o contrato do meia Carlos Alberto por 29 dias. Afastado do elenco pelo técnico Leão desde o dia 12 de outubro, o jogador ainda foi multado em 40% do seu salário.

A punição foi imposta porque Carlos Alberto descumpriu a programação de treinos feita especialmente para ele, que deveria trabalhar separado do resto do elenco.

O jogador passou as últimas duas semanas em Londres, na Inglaterra, tentando resolver sua situação com o presidente da MSI, o iraniano Kia Joorabchian, e se reapresentou ontem no Parque São Jorge certo de que iria treinar. Mas a punição foi só o primeiro passo para o desligamento definitivo, dele, do clube.