O técnico Roger Machado aprovou a boa vitória do Grêmio sobre o Atlético Paranaense, por 1 a 0, fora de casa, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. E não apenas pelo resultado, mas principalmente pelo desempenho do time.

Para o duelo de quarta-feira, Roger testou uma nova formação, com Walace, Jailson e Ramiro formando um trio de volantes. O treinador, porém, negou que o time foi mais defensivo e enalteceu as chances criadas pelo Grêmio.

“Optamos por um jogador a mais no meio, diferente do que falam erroneamente que colocamos um jogador mais defensivo e tornamos o time mais defensivo. Mas fizemos uma espécie de 4-3-3 com médio-apoiadores, com possibilidade para Luan e Bolaños se movimentarem e com o Douglas criando bastante”, explicou. “Criamos várias oportunidades que poderiam construir um placar ainda maior.”

Além da boa atuação, Roger gostou do resultado, sobretudo pelo gol marcado fora de casa. O jogo da volta será em 21 de setembro, em Porto Alegre, e ele admite que o placar deixou o Grêmio em boa situação. “A vitória foi realmente muito importante. Fazer gol fora na Copa do Brasil pode decidir a classificação. Foi um jogo muito maduro, seguro. Pudemos controlar o jogo na maior parte do tempo”, completou.