Depois de surpreender ao eliminar o suíço Stanislas Wawrinka na semifinal, o espanhol Tommy Robredo se sagrou campeão do Torneio de Casablanca, neste domingo, no Marrocos, ao derrotar na decisão o sul-africano Kevin Anderson por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (8/6), 4/6 e 6/3.

O veterano tenista de 30 anos, ex-top 10 e hoje 72.º colocado da ATP, obteve assim o seu 11.º troféu no circuito profissional e encerrou um jejum de títulos que durava desde fevereiro de 2011, quando se sagrou campeão do Torneio de Santiago.

Wawrinka foi eliminado como cabeça de chave número 1 da competição, enquanto Kevin Anderson estava pré-classificado como segundo maior favorito ao título. E, ao bater mais um favorito, Robredo provou ser um especialista no piso de saibro, onde ganhou dez dos 11 títulos de sua carreira – o único fora desta superfície ele obteve em Metz, na França, em 2007.

Ex-número 5 do ranking mundial, posto que ele ocupou em agosto de 2006, o tenista espanhol retornará ao top 50 da ATP com o título obtido em Casablanca. A atualização do ranking será feita nesta segunda-feira.