O técnico Ricardo Drubscky não vai antecipar a escalação do Atlético, mas confirmou que para encarar o Paraná amanhã não fará grandes alterações no time que venceu o Criciúma semana passada. Se o treinador mantiver o mesmo time, pela primeira vez o Furacão terá uma escalação repetida na Série B. Em 18 rodadas foram 18 escalações diferentes.

Do time que estreou dia 19 de maio apenas Manoel e Deivid se mantêm entre os titulares. Do goleiro ao treinador os nomes são outros. A postura e os resultados também.

E para tentar mudar esta rotina, Drubscky até pretende manter um time, mas para o clássico de amanhã testou algumas variações, mas prefere manter em sigilo se vai colocá-las em prática. “Estamos montando uma base, mas nunca contando apenas com 11, mas com o grupo”, disse Ricardo.

Uma das prováveis mudanças seria a entrada do atacante Marcelo no lugar de Henrique, para deixar o time mais veloz e mais ofensivo, mas Ricardo não dá pistas do que preparou para o jogo de amanhã.