A apresentação de Roque Júnior não foi a única novidade no Paraná Clube. A diretoria aproveitou a coletiva para anunciar a renovação do contrato de Ricardo Conceição. O volante assinou novo vínculo de dois anos com o Tricolor. Com pelo menos quatro propostas “no bolso”, Conceição disse que “o coração falou mais alto nesta decisão”.

Um dos destaques do time nas temporadas recentes, ele quer fazer parte do projeto de recondução do clube na Série A do Brasileiro.

“Seria complicado ir para outro clube e ver de longe o Paraná chegar à Primeira Divisão. Quero estar junto nessa caminhada, depois de tudo o que já vivi com essa camisa”, afirmou Ricardo Conceição.

Na atual temporada, o Tricolor deu na trave em seu objetivo de acesso. Para Conceição, foi um castigo justo pela queda de rendimento no returno da competição. “Vacilamos e perdemos aquela força que marcou a campanha do primeiro turno. É aprender com os erros para chegarmos mais fortes no ano que vem”, disse.

A renovação de Ricardo Conceição e a chegada de Roque Júnior irão, na visão dos dirigentes, impulsionar outras negociações. ‘Estamos sinalizando que temos planos ambiciosos para 2014. Isso vai fazer com que outros bons valores venham para o clube, e alguns que possam estar em dúvida renovem”, comentou o presidente Rubens Bohlen, reafirmando a postura de seu conselho diretor de trabalhar dentro de uma realidade econômica, mas com ousadia e criatividade.

Ricardo Conceição, sempre um jogador de muita regularidade, foi titular absoluto ao longo dos quase vinte meses de clube (ele chegou em maio de 2012). Com a renovação, disputará no ano que vem a terceira Série B com a camisa tricolor. “Espero que seja a última. Em 2015, quero defender o Paraná na Série A”, disse.