O técnico Dado Cavalcanti dificilmente poderá contar com Ricardo Conceição e Reinaldo no jogo do próximo sábado, frente ao Guaratinguetá. Lesionados, eles serão reavaliados amanhã pelo departamento médico. Diferente do que ocorreu com Lúcio Flávio – que sofreu uma distensão muscular e fica pelo menos mais duas semanas fora de ação – os exames mostraram que Conceição sofreu apenas uma contratura muscular, com tempo de recuperação estimado em uma semana.

O atacante Reinaldo também passou por exames ontem à noite, mas pela avaliação clínica, teria sentido apenas um desconforto muscular. Outros jogadores que saíram visivelmente desgastados, como Fernando Gabriel e Édson Sitta, não preocupam. Gabriel sentiu câimbras e precisou ser substituído aos 17 minutos do segundo tempo. Édson Sitta só queixou-se da fadiga ao término do jogo. “É preciso agir com cautela, sempre com muita atenção na recuperação dos atletas. Mas, esses dois não preocupam”, disse o médico Jonathan Zaze.

Para o lugar de Ricardo Conceição, diante de um possível veto, a opção imediata seria Cambará. Mesmo com a liberação de Roniery, que está recuperado da cirurgia para a colocação de uma placa metálica na mandíbula, Moacir deve seguir como titular da lateral-direita. Para a vaga de Reinaldo, as opções seriam Kayke, Léo e J.J. Morales. Quanto a Rubinho, a negociação com o Náutico está adiantada, mas a diretoria só irá se manifestar após o depósito dos valores acordados.