enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Rexona confia no ataque para superar o BCN

  • Por Redação O Estado Do Paraná

A primeira partida da série melhor de cinco do Rexona diante do BCN/Osasco nas semifinais da Superliga Feminina de Vôlei, no próximo domingo, às 12h10 em Osasco, pode consolidar a boa fase do ataque da equipe curitibana. Uma das esperanças do time é a atacante Raquel. A jogadora marcou 319 pontos em 17 partidas, sendo que nas duas últimas rodadas do playoff contra o Açúcar União/São Caetano, ela fez 61 pontos. Além disso, Raquel foi apontada o melhor saque na primeira rodada das quartas-de-final.

“É ótimo saber que o trabalho vem dando certo, não costumo acompanhar os números. Mas eles são bons, pois incentivam a atleta a se aperfeiçoar e tentar fazer melhor na rodada seguinte”, disse.

Esse índice não é inédito para a jogadora. Na temporada passada, Raquel, que tem 1,91m, terminou o campeonato como melhor saque e maior pontuadora. “Infelizmente, em 2002, nossa equipe saiu da competição antes da final e eu não consegui aumentar a minha marca”, disse Raquel, que aos 24 anos é uma das mais experientes do grupo, que tem média de idade de 20 anos.

A força ofensiva do Rexona também conta com a eficiente israelense Tali. Apontada o melhor ataque da Superliga na terceira rodada dos playoff, Tali ajudou no ponto decisivo no tie-break contra o Açúcar União, ao bloquear uma bola. Para a partida contra o BCN, Tali espera que o grupo mantenha a confiança das quartas-de-final. “Temos esperança e, ao mesmo tempo, confiamos no nosso trabalho para chegar à final. Precisamos acreditar no nosso potencial”, concluiu.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas