Apesar da derrota do Atlético por 2 x 1 para o Sampaio Corrêa, ontem, os jogadores deixaram o estádio Nhozinho Santos otimistas para a partida de volta, que vale vaga na segunda fase da Copa do Brasil. O gol marcado por Harrison deixou a situação menos complicada. O elenco acredita em uma reversão do resultado no confronto marcado para a próxima quinta-feira, às 20h30, na Vila Capanema. “Valeu pelo gol fora e agora temos que atropelar os caras, não tem jeito”, disse o zagueiro Gustavo.

O zagueiro Bruno Costa, que foi improvisado na lateral-direita logos nos minutos iniciais do jogo também está otimista. Para ele, a classificação do Furacão está muito próxima e o time não pode se abater. “Vamos reverter, foi 2 x 1 e precisamos de um resultado simples”, disse o zagueiro.

O técnico Juan Ramon Carrasco admitiu que o Furacão foi surpreendido pela “Bolívia Querida do Maranhão”, mas nada que assuste ou coloque em risco classificação atleticana na próxima quinta-feira. “Tem bons jogadores, são rápidos no ataque. Lembramos que nos surpreendeu no começo, mas acreditamos que podemos reverter o resultado”, assegurou o treinador.