O Vasco chegou a 15 jogos sem perder e assegurou a classificação às semifinais da Copa do Brasil com um empate por 1 a 1 contra o Atlético-PR, nesta noite, em São Januário, em jogo decidido pelos reservas das duas equipes. Os vascaínos, que avançam pelos gols marcados fora de casa (2 a 2, em Curitiba), contaram com Fágner e Elton, que saíram do banco para combinarem no lance do gol que rendeu a vaga para a próxima fase.

“Foi um gol muito importante, pelo momento do jogo. Tínhamos acabado de sofrer um gol e pude ajudar”, comemorou Elton, que marcou apenas seu segundo no ano. Na próxima etapa, o Vasco encara quem passar de São Paulo e Avaí. O primeiro jogo será no Rio.

CLASSIFICAÇÃO VASCAÍNA – O início de jogo foi cadenciado, com as duas equipes pouco se aventurando no campo de ataque. A cautela ditava o ritmo, mas o Vasco era mais presente, mais determinado a buscar o primeiro gol, mesmo que o empate sem gols lhe desse a classificação.

As melhores chances da primeira etapa surgiram de bola parada. Paulo Baier, pelo Atlético-PR, e Fellipe Bastos e Bernardo, pelo Vasco, levaram perigo em cobranças de falta. Guerrón também teve grande oportunidade, depois de passe Branquinho. Chegou a driblar Fernando Prass, mas perdeu ângulo e o equilíbrio, batendo para fora.

O nível caiu ainda mais no segundo tempo, com o Vasco mais preocupado, àquela altura, em administrar o resultado que lhe era favorável. Ao Atlético-PR faltava ambição. Sentindo o marasmo, os técnicos promoveram as substituições. Adilson Batista lançou Madson e Nieto. Ricardo Gomes respondeu com Elton e Fagner.

E os reservas iriam esquentar e decidir o confronto. Primeiro Madson achou o vão entre os defensores vascaínos e Nieto tocou por baixo de Prass, aos 28 minutos. O gol que daria ao time visitante a vaga nas semifinais.

Coube à dupla de substitutos cruzmaltinos resolver a parada. Fágner cruzou da direita com precisão e Elton subiu para cabecear no ângulo de Renan, um belo gol. Os minutos finais foram de pressão atleticana, mas o Vasco se segurou bem e ficou com a vaga.

FICHA TÉCNICA:

Vasco 1 x 1 Atlético-PR

Vasco – Fernando Prass; Allan (Fágner), Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Fellipe Bastos, Eduardo Costa, Bernardo (Jumar) e Felipe; Diego Souza (Elton) e Eder Luís. Técnico: Ricardo Gomes.

Atlético-PR – Renan Rocha; Rômulo, Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Robston (Wendel Santos), Deivid, Paulo Roberto e Paulo Baier; Branquinho (Madson) e Guerrón (Nieto). Técnico: – Adilson Batista.

Gols – Nieto, aos 28; Elton, aos 35 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Elmo Alves Cunha (GO).

Cartões amarelos – Eduardo Costa, Elton. Renan Rocha, Robston, Paulo Roberto.

Renda – R$ 427.725,00

Público – 17.478 pagantes.

Local – Estádio de São Januário, no Rio.