Renan Fonseca foi um dos líderes da boa campanha do Botafogo na Série B do último Campeonato Brasileiro, que terminou com o título e o acesso à elite. Por isso, deve iniciar o ano como titular do técnico Ricardo Gomes. Seu companheiro deverá ser um dos novos reforços do clube, o argentino Joel Carli ou Emerson Silva, mas ele garantiu não ter preferências e despistou sobre o assunto.

“Aos poucos vamos nos conhecendo e nos entrosando. Espero que a dupla escolhida dê conta do recado e sofra menos gols possíveis para ajudar o Botafogo. O Botafogo teve algumas saídas e está montando um elenco forte. Em 2015, passamos por uma reformulação e quem está chegando vem para agregar. Temos o Carioca como laboratório e sabemos que a vontade de todos tem que prevalecer”, declarou nesta sexta-feira.

O elenco alvinegro sofreu diversas mudanças em relação ao ano passado. Mais de dez nomes já deixaram o clube, que se reforçou com seis, já confirmados. No entanto, Renan Fonseca preferiu exaltar a permanência de algumas das peças chaves do time no ano passado, como ele próprio, o goleiro Jefferson e o atacante Neilton.

“O Botafogo manteve alguns jogadores e a base começa por quem está desde o ano passado. Cabe a nós assumir essa responsabilidade, passar o perfil do grupo para os novos companheiros. Temos uma boa receita do ano passado, com todos ajudando, e temos que manter para alcançarmos os nosso objetivos”, comentou o zagueiro.