Um dos destaques da Série B do ano passado, o zagueiro Vitor Hugo despertou o interesse de alguns clubes do futebol brasileiro, e o Palmeiras foi o mais rápido e fechou com o jogador. Entretanto, ele admite que após ter apalavrado seu acerto com a equipe, recebeu uma sondagem do São Paulo, mas não quis nem ouvir o que o clube tinha para lhe oferecer.

“Fiquei sabendo do interesse, mas eu tenho palavra e cumpro o que digo. Se o São Paulo tivesse aparecido antes, eu estaria lá, mas o Palmeiras apareceu antes e cumpri com o que tínhamos combinado”, avisou o zagueiro de 23 anos, que assinou contrato de um ano de empréstimo com o Palmeiras.

O São Paulo chegou a procurar representantes do jogador por considerá-lo uma boa opção dentro do que o técnico Muricy Ramalho havia pedido, que era um zagueiro canhoto, mas já era tarde demais. Sobre o fato de ter dois times grandes interessados em seu futebol, Vitor Hugo diz que isso lhe dá ainda mais motivação e o enche de orgulho.

“Para mim é um privilégio. Uma das palavras que guardo comigo é reconhecimento. Desde quando é menino e seus pais lhe dão um presente ou carinho por ter feito algo, o reconhecimento é bom e ajuda muito no crescimento da pessoa. Todo dia você está ralando e ter o reconhecimento de um clube como o Palmeiras, aumenta nossa autoestima”, afirmou o empolgado zagueiro.

Recentemente, Palmeiras e São Paulo travam alguns duelos por jogadores. Carlinhos e Thiago Mendes preferiram ir para o São Paulo, assim como Daniel, que viu o time do Morumbi como solução após ter sido reprovado nos exames médicos. O Palmeiras ainda tentou tirar Alvaro Pereira do rival, que levou Wesley.