Cortados da seleção brasileira por lesão, o lateral-esquerdo Marcelo e o meia Kaká voltaram a treinar nesta segunda-feira no Real Madrid. Os dois brasileiros foram a campo acompanhados do preparador físico Carlos Lalin e deram prosseguimento ao processo de fortalecimento muscular a que ambos estão sendo submetidos. Na atividade, eles tinham que se deslocar desviando de cones colocados no gramado.

Kaká e Marcelo estavam na lista de convocados por Mano Menezes para os amistosos do Brasil conta Gabão e Egito. Mas ambos foram cortados depois de o Real Madrid comunicar a CBF de que ambos estavam com lesões musculares na coxa. O meio-campista havia sido convocado pela primeira vez desde a Copa do Mundo, uma vez que voltou a apresentar, no Real, o futebol que o consagrou como um dos melhores do mundo.

Com os dois brasileiros no departamento médico, José Mourinho só tem cinco jogadores para comandar. Nesta segunda-feira, o treinador português do Real Madrid trabalhou com cinco atletas: Sahin, Callejón, Lass Diarra, Granero e Adán. Os demais foram convocados pelas suas seleções nacionais ou estão machucados.

Di María e Ricardo Carvalho são outros dois atletas que seguem no clube, mas ambos estão machucados. O primeiro foi convocado pela Argentina, depois cortado. O português renunciou à sua seleção e abandonou a concentração na última vez que foi convocado, em agosto.