enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Recorde de público está garantido para o domingo

  • Por Cristian Toledo
Povão fez filas que chegaram à
Rua Mauá, ao lado do Couto Pereira.

O maior público do campeonato paranaense já é conhecido. Mesmo sem a final ter acontecido, os torcedores do Coritiba que enfrentaram as longas filas para comprar seus ingressos já dão à finalíssima de domingo uma participação de mais de 18 mil pessoas.

Com a primeira parcial da semana, é quase certo que Coritiba x Paranavaí terá os quarenta mil ingressos vendidos.

Foi um dia incrível para o Alto da Glória. Após uma segunda-feira de presença regular nas bilheterias do estádio, ontem a torcida alviverde tomou conta das ruas que dão acesso ao Couto Pereira. Durante grande parte do dia houve enormes filas, que chegavam a dobrar as esquinas que circundam o campo. Com tal presença, já foram vendidos até as 18h de ontem 18.500 ingressos, número que é maior que qualquer público do campeonato até agora – o recorde pertencia à semifinal entre Coritiba x Londrina, realizada também no Couto Pereira.

Ao mesmo tempo que significa uma grande resposta da torcida, a ótima venda antecipada também se transforma em um alerta para quem não imaginava tal presença dos alviverdes. Torna-se grande a chance de que até quinta, data de encerramento da promoção, que reduz o preço de arquibancada de R$ 15,00 para R$ 10,00, todos os quarenta mil ingressos estejam vendidos.

Para quem não se garantiu na finalíssima do campeonato, os preços da promoção são os seguintes: arquibancada, R$ 10,00; cadeira inferior, R$ 30,00; cadeira superior, R$ 50,00; menores, mulheres e estudantes, R$ 5,00. A partir de sexta, também são majorados os preços para menores, mulheres e estudantes, de R$ 5,00 para R$ 10,00. E os que puderem chegar antes ao Couto Pereira no domingo poderão assistir à apresentação da dupla sertaneja William e Renan.

Indefinição

A confusão das mudanças de data na reta final do campeonato paranaense não deixa nem os ingressos livres. No cartão magnético que dará acesso ao Couto Pereira, a indicação de data e horário de Coritiba x Paranavaí é, no mínimo, ?sui-generis?: 22 ou 23/03, às 16h. Isto é, quando da confecção dos ingressos, não se sabia se a partida aconteceria sábado (22) ou domingo (23). No final das contas, a finalíssima está confirmada para domingo, às 17h – e não às 16h, como está no cartão.

Adriano chega da seleção já escalado

Quarenta e oito horas. Na noite de segunda, o presidente americano George Bush ameaçou definitivamente invadir o Iraque. Algumas horas antes, a delegação da seleção brasileira sub-20 campeã do torneio da Malásia voltava do Sudeste Asiático, e durante a viagem passou exatamente pelo Iraque. Por causa dessa guerra sem motivo aparente, a FIFA cancelou o mundial da categoria, que teria início no domingo. E por isso o lateral Adriano já está no Brasil, depois de ter sido titular na maior parte do torneio.

Ele é a principal novidade do Coritiba para a finalíssima do campeonato paranaense, domingo, às 17h, contra o Paranavaí.

Só precisa descansar da longa viagem. Ainda mais pelo envolvimento emocional que essa seleção passou. Apesar do cancelamento do mundial, a CBF confirmou a participação no torneio da Malásia – pelo que se comenta, por causa de uma polpuda proposta financeira. “A gente estava preocupado com o nosso retorno, até porque todos os aeroportos estavam muito vigiados”, conta Adriano. Para completar, a surpresa no meio da viagem. “Fomos informados que o avião estava sobrevoando o Iraque, e todo mundo ficou tenso”, confessa o lateral.

Dentro de campo, as coisas andaram mais tranqüilamente. Com a lesão de Jean (o lateral atleticano já deixou o País machucado), Adriano ganhou a confiança do técnico Valinhos, jogando o segundo tempo da partida contra a Malásia e toda a decisão – vencida pelo Brasil – contra Portugal. “Foi muito importante, porque comecei a ganhar meu espaço e atuar”, afirma Adriano, que pôde comemorar seu primeiro título como jogador de seleção.

Retorno

A volta do lateral ao time titular é certa. O técnico Paulo Bonamigo comanda hoje o primeiro coletivo da semana e, apesar de confessar dúvidas para escalar o time (principalmente depois da boa atuação de Pepo), ele deve mandar a campo praticamente todos os titulares, à exceção de Edinho Baiano. Assim, a formação terá Fernando; Ceará, Fabrício, Juninho e Adriano; Reginaldo Nascimento, Roberto Brum, Tcheco e Lima; Edu Sales e Marcel. (CT)

Paranavaí só chega Sábado

O Paranavaí só estará em Curitiba para decidir o Campeonato Paranaense na tarde de sábado. O clube desistiu de viajar amanhã, para evitar despesas. Há alguns dias, a intenção do Vermelhinho era deixar Paranavaí a três dias da final, para melhor se adaptar à temperatura da capital.

O time não tem problemas médicos ou de suspensão para a partida, em que só a vitória serve ao clube do Noroeste do Estado. O zagueiro Marcelo cumpriu suspensão e o meia Júlio recuperou-se de uma contusão no joelho esquerdo. O treinador Itamar Bernardes confirma que os dois estarão no gramado do Couto Pereira, domingo, às 17h. O que não antecipa é se vai ou não escalar três zagueiros: Rodrigo, Marcelo e Vanderlei. Este último entraria no lugar de Gian ou Márcio, que são volantes.

O time deve ter Vilson; Daniel, Marcelo, Rodrigo e Maurício; Gian, Márcio, Júlio e Edílson; Neizinho e Aléssio quando o time entrar em campo.

Série C

Se for vice-campeão, o Paranavaí deverá confirmar à Federação Paranaense de Futebol, se vai querer ou não jogar a Seletiva da Série C. A possibilidade de prejuízos financeiros pode evitar a participação do clube no torneio, que inicia no dia 20 de abril.

No entanto, se o Vermelhinho ganhar o título, o presidente Edson Felippe deverá confirmar a equipe na Série C, que começa em agosto. Neste caso, o time será dispensado da Seletiva.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas