Problemas? Que problemas? Apesar da goleada sofrida contra o Paysandu, 5 a 2, domingo, e da inconstância da equipe neste ano, a diretoria são-paulina se esforça para passar a idéia de que tudo vai às mil maravilhas no clube. “Estão de marcação com o São Paulo. Criticam, criticam nosso time, mas você olha na tabela e vê que o Corinthians está pior que a gente. E ninguém fala mal deles!”, reclamou o presidente do clube, Marcelo Portugal Gouvêa, que assistiu da capital paulista ao vexame (o dirigente prefere chamar de tropeço) da equipe. Na tabela, o Corinthians, com 6, aparece dois pontos atrás dos são-paulinos.

Gouvêa acredita que a receita para se recuperar da derrota é a conversa. Oswaldo de Oliveira, garante, será mantido. “Amanhã, vou me reunir com a comissão técnica, como sempre fazemos. Se existirem problemas, vamos procurar resolvê-los da melhor forma. Tudo muito tranqüilo.”