Rebeca Santos parou nas semifinais da categoria pesos leves (até 60 quilos) do Mundial Juvenil de boxe, que está sendo realizado em Budapeste, na Hungria. Nesta terça-feira, a brasileira foi derrotada pela britânica Caroline Dubois, por pontos, em decisão unânime dos cinco jurados após três rounds. Todos apontaram 30 a 27, com vitória da lutadora europeia em todos os assaltos.

Esta foi a quarta luta da pugilista brasileira. Como no boxe não há disputa do terceiro lugar, então Rebeca Santos já tinha garantida a medalha de bronze.

Na estreia em Budapeste, a brasileira bateu por pontos (3 a 2) Mariya Gladkova, do Casaquistão. Na sequência, ganhou por pontos, em decisão unânime, da ucraniana Veronika Korets. Nas quartas de final, repetiu o resultado da luta anterior contra a finlandesa Vilma Vitanen.

Na semifinal desta terça-feira, a pugilista do Brasil não teve qualquer chance contra Caroline Dubois. A britânica é irmã de Daniel Dubois, peso pesado apontado como futuro campeão mundial dos pesos pesados.

Com a medalha de Rebeca Santos, o boxe brasileiro fecha o Mundial Juvenil com dois bronzes. Mais cedo nesta terça-feira, Luiz Oliveira, o Bolinha, perdeu por pontos (3 a 2) para o inglês Ivan Price, na semifinal da categoria pesos moscas (até 52 quilos).

Além de Luiz Oliveira e Rebeca Santos, a delegação brasileira em Budapeste contou com outros seis lutadores, que foram eliminados precocemente. São eles: Rafael Bender (49 kg), Laion Durães (56 kg), Pedro Conceição (60 kg), Iury Reges (64 kg), Kaue Belini (69 kg) e Keno Machado (75 kg).