Madri – O Real Madrid tropeçou de novo ao empatar por 0 a 0 contra o Betis ontem, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri. O resultado é ruim porque permite que o Valencia continue encostado na briga pelo segundo lugar na classificação (a diferença é de um ponto – 53 a 52) e a distância do líder e arquiinimigo Barcelona é de 11 pontos.

O Real sofreu e a partida foi fraca tecnicamente. Cicinho jogou no meio-campo, no lugar de Beckham, reserva. Ronaldo entrou no intervalo no lugar de Raul e teve até uma chance de marcar gol, com uma cabeçada aos 26 minutos. Mas o goleiro Pedro Contreras defendeu.

Olho gordo

O olho gordo do Barcelona começou a surtir efeito. Um de seus perseguidores no Campeonato Espanhol perdeu inesperadamente e começa a perder o fôlego: o Valencia caiu diante do modesto Racing Santander por 2 a 1, ontem, e ficou oito pontos atrás do líder (64 a 52).

Jogando em casa, o Racing abriu 2 a 0, com gols de Damiá e Ayoze. O Valencia só teve força para diminuir com David Villa, que marcou seu 16.º gol no campeonato, do qual é vice-artilheiro.

Para piorar a situação do Valencia, o Osasuna conseguiu uma impressionante goleada por 4 a 2 sobre o Espanyol em Barcelona e chegou aos mesmos 52 pontos, mas lhe tomou a terceira posição por ter duas vitórias a mais.

O Sevilha desperdiçou uma boa oportunidade de se aproximar da zona de classificação para a Liga dos Campeões ao empatar por 1 a 1 em casa com o Mallorca.