Com gols de Ronaldo e Guti, o Real Madrid venceu o Olimpia, do Paraguai, por 2 a 0, ontem, no Yokohama Stadium, em Yokohama, no Japão, e se sagrou campeão mundial interclubes pela terceira vez em sua história. As outras duas conquistas do time espanhol foram em 1960 e 1998. Este foi o terceiro título internacional do clube no ano de seu centenário: além do Mundial, o Real ganhou a Liga dos Campeões da Uefa e a Supercopa Européia.

A decisão foi disputada no mesmo estádio em que o Brasil venceu a Alemanha por 2 a 0 na final da Copa do Mundo deste ano e o protagonista das duas partidas também foi o mesmo: Ronaldo. O Fenômeno marcou o primeiro gol da vitória do Real e foi escolhido o melhor jogador da final sendo premiado com um carro. Na decisão da Copa da Coréia e do Japão, Ronaldo marcou os dois gols da vitória.

Com o título, Ronaldo e Roberto Carlos entraram para o seleto grupo dos jogadores que participaram e venceram, como titulares, a final da Copa do Mundo e o Mundial Interclubes no mesmo ano. Os outros atletas foram os também brasileiros Gilmar, Mauro e Zito (1962 pelo Brasil e Santos), além dos argentinos Pumpido (técnico do Olimpia na decisão deste ano), Ruggeri e Enrique. Os três jogadores argentinos foram campeões em 1986 pela Argentina e pelo River Plate.

Agora, o Real Madrid se juntou ao grupo dos clubes que conseguiram três títulos mundiais. Os clubes uruguaios Nacional e Peñarol, além do Milan, da Itália, são os outros clubes que já conseguiram esse feito. Com a conquista, o time espanhol também diminuiu ainda mais a diferença de títulos entre times europeus e sul-americanos no Mundial Interclubes: agora são 21 vitórias dos sul-americanos contra 20 dos europeus.

Ficha técnica

Real Madrid (esp) 2 X 0 Olimpia (par)

Estádio: Yokohama Stadium, Yokohama (JAP); Data-Hora: 3/12 – 8h15 (horário de Brasília); Árbitro: Carlos Eugênio Simon (BRA); Auxiliares: Jorge Luis Arango (COL) e Jorge Jaimes (PER); Gols: Ronaldo aos 13′ e Guti aos 84′; Cartões Amarelos: Roberto Carlos (REA); Cáceres e López (OLI); Real Madrid: Casillas; Salgado, Hierro, Helguera, Roberto Carlos; Cambiasso (Pavón 89”), Makelele, Figo, Zidane (Solari 85”); Raúl e Ronaldo (Guti 81”), Técnico: Vicente del Bosque. Olimpia: Tavarelli; Isasi, Pedro Benítez, Zelaya, Jara; Orteman, Enciso, Cáceres, Córdoba (Baez 64”); Miguel Angel Benítez (Caballero 80”) e López, Técnico: Nery Pumpido.