A Fundação Real Madrid assinou hoje um convênio com o governo colombiano para a abertura de uma escola esportiva de integração social em Bogotá.

A escola, destinada a ligar a prática do esporte às atividades sociais nas periferias da capital, será a primeira do tipo no país.

O Real Madrid, por meio da fundação que leva seu nome, já inaugurou projetos parecidos na Argentina, no Chile, em El Salvador e no Panamá.

O convênio foi assinado por Ramón Calderón, presidente do clube “merengue”, e Carlos Salazar, que administra a Fundação Revel, a qual participa do projeto.

Na cerimônia estiveram presentes o presidente colombiano, Álvaro Uribe, e os jogadores da equipe espanhola Raúl, Guti e Michel Salgado.

“Esperamos abrir muitas escolas mais nesse país, que também nos acolheu”, comentou Calderón, que presenteou Uribe com a tradicional camisa branca do Real Madrid, a qual estampava o nome do presidente nas costas.

O Real Madrid está em Bogotá e hoje à tarde jogou um amistoso contra o Independiente Santa Fé.

A última vez que o time esteve na Colômbia foi há 54 anos para outro amistoso, daquela vez contra o Millonarios.