Maior artilheiro da história do Real Madrid, o atacante Raúl González quer reencontrar o seu ex-clube. E com data marcada: no dia 28 de maio, em Wembley, na final da Liga dos Campeões – competição na qual também é o jogador que mais marcou.

Nesta quarta-feira, com um gol dele, o Schalke 04 venceu a atual campeã Inter de Milão por 2 a 1 na Alemanha e se classificou às semifinais da Liga dos Campeões pela primeira vez na história do clube. Na próxima fase, terá pela frente o Manchester United. Um último passo para chegar à final e tentar reencontrar o Real Madrid, que confronta o Barcelona.

“Tomara que passemos e que na outra semifinal vença o Real Madrid, meu Real Madrid, e que nos vejamos em Londres”, disse Raúl, destaque do Schalke na competição.

Ele sabe, porém, da dificuldade do confronto contra o Manchester. “Será difícil porque o Manchester é uma grande equipe, mas no futebol tudo é possível. Acredito que tanto nas oitavas quanto nas quartas, tanto o Valencia quanto o Inter estavam contentes porque encontraram o Schalke e as coisas saíram desta forma que saíram. No futebol, há de se vencer no campo”, lembrou.