Montreal – Ralf Schumacher surpreendeu e conseguiu ontem a pole-position para o GP do Canadá, oitava etapa do mundial de Fórmula 1. O alemão da Williams não largava em primeiro desde o GP da França do ano passado, em Magny-Cours. Foi a quinta pole de sua carreira. Em 2003, ele também foi o melhor no grid em Montreal. Seu irmão Michael, líder do campeonato, ficou apenas na sexta posição, sua pior em grids neste ano ? o ferrarista foi quinto em Mônaco.

Rubens Barrichello larga em sétimo, igualando suas piores colocações em largadas na temporada. É a terceira vez seguida que fica nessa posição, repetindo Monte Carlo e Nürburgring.

O tempo de Ralf, 1min12s275, foi 1s080 melhor que o da Ferrari de Schumacher e apenas 0s066 mais rápido que o de Jenson Button, da BAR, que parte ao lado dele na primeira fila. A segunda fila tem Jarno Trulli, da Renault, e o companheiro de Ralf, Juan Pablo Montoya. Foi a primeira pole da Williams no ano.

“Na verdade eu não esperava. No máximo, achava que ia ficar entre os cinco primeiros”, declarou Ralf, muito alegre.

A corrida de hoje, com 70 voltas, terá sua largada às 13h30 (de Brasília). A meteorologia indica que o domingo será de sol, com temperatura máxima de 26 graus.