A eliminação da Taça Guanabara com a improvável derrota para o Boavista rendeu mais do que frustração para o Fluminense. A partida deixou o técnico Muricy Ramalho com um grande problema nas mãos e muitas incertezas para o jogo importantíssimo de quarta-feira contra o Nacional-URU, pela segunda rodada da Taça Libertadores, no Engenhão.

Depois de perder o atacante Fred, vetado da partida por conta de um edema na panturrilha esquerda, o treinador corre o risco de não poder contar com Rafael Moura e Rodriguinho, opções para o setor.

Moura não participou do treinamento desta segunda-feira, nas Laranjeiras, com dores nas costas. Rodriguinho deixou a atividade carregado, com um problema na coxa direita. Ambos passarão por exames de imagem para estabelecer a gravidade das lesões.

Caso a dupla não possa atuar, as alternativas não são das mais animadores para o torcedor tricolor: Tartá, Araújo e Willians. O zagueiro Gum também foi poupado, com uma tendinite na coxa esquerda, mas a expectativa é de que volte a treinar sem problemas nesta terça.