Agnieszka Radwanska e Garbine Muguruza confirmaram nesta sexta-feira a condição de respectivas quarta e quinta cabeças de chave no Torneio de Pequim e com isso irão travar uma das semifinal da competição da WTA realizada na China. A tenista polonesa avançou ao passar pela alemã Angelique Kerber, décima pré-classificada, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4. Já a espanhola derrotou a norte-americana Bethanie Mattek-Sands por 6/1 e 7/5.

Para se garantir na luta por uma vaga na decisão, Radwanska ganhou um jogo no qual fez uma espécie de tira-teima com Kerber, pois até o jogo desta sexta cada tenista acumulava cinco vitórias em dez confrontos entre as duas. A alemã, por sinal, havia levado a melhor nos dois confrontos anteriores entre as duas, no Torneio de Stanford deste ano e no Masters da WTA de 2013.

O troco após duas derrotas seguidas para a alemã aconteceu em apenas 1h06min de partida. A polonesa exibiu eficiência ao aproveitar quatro de sete chances de quebrar o saque de sua adversária, que só teve duas oportunidades de converter break points e foi feliz em uma delas apenas.

Já a outra semifinal em Pequim irá reunir a sérvia Ana Ivanovic, sexta cabeça de chave, e a suíça Timea Bacsinszky, 12ª pré-classificada. A primeira delas assegurou classificação ao superar a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5. Já Bacsinszky eliminou a italiana Sara Errani com uma vitória de virada por 0/6, 6/3 e 7/5.