São Paulo – A Fifa anunciou ontem a punição à Federação Espanhola de Futebol pelos atos de racismo ocorridos no amistoso contra a Inglaterra, em Madri. A pena é uma multa de 100 mil francos suíços (cerca de R$ 235 mil). Segundo a Fifa, a entidade também foi alertada a sofrer punições mais rigorosas caso os atos racistas voltem a acontecer.

No dia 17 de novembro, durante partida disputada no estádio Santiago Bernabeu, em Madri, os jogadores negros da seleção inglesa, Shaun Wright-Phillips e Ashley Cole, foram hostilizados com imitações de macacos feitas pelos torcedores espanhóis.

Além desse episódio, demonstrações racistas envolveram a seleção sub-17, também em jogo contra a Inglaterra. Em outra partida, entre Real Madrid e Bayer Leverkussen, pela Liga dos Campeões da Europa, os brasileiros Juan e Roque Júnior foram vítimas de ofensas.