O Racing está de volta à fase de quartas de final da Libertadores após 18 anos. Nesta quinta-feira, a equipe garantiu a classificação ao vencer o Montevidéu Wanderers por 2 a 1, em casa. Agora, os argentinos terão pela frente o Guaraní, do Paraguai, algoz do Corinthians nas oitavas.

Com a vitória por 2 a 1, se fez ainda mais valioso o gol marcado por Fernández no fim da primeira partida, no Uruguai, que garantiu o empate por 1 a 1 ao Racing. Nesta quinta, Camacho e Gustavo Bou marcaram. Foi o oitavo gol do atacante Bou, um dos artilheiros da competição.

Campeão da Libertadores em 1967, o Racing segue na busca do título continental, que seria a confirmação de seu renascimento, já que o atual campeão argentino viveu uma gravíssima crise financeira no fim dos anos 90.

Nesta quinta, mesmo precisando apenas de um empate sem gols para avançar, o Racing começou no ataque e abriu o placar logo aos 15 minutos. Após boa jogada pela direita e cruzamento para a área, Camacho chegou batendo de primeira, sem chance para o goleiro. Ainda no primeiro tempo, aos 39, Bou invadiu a área pela esquerda e bateu firme para marcar o segundo.

Na etapa final, o Wanderers foi para cima e tentou a reação, mas demorou muito para diminuir. Somente aos 43 minutos, Maximiliano Olivera cobrou falta com categoria pela direita e marcou. Com pouco tempo e precisando de somente um gol para avançar, os uruguaios se lançaram ao ataque, mas já era tarde.