enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Puyol garante que ainda não pensa em se aposentar

Mesmo aos 35 anos e sofrendo há três temporadas com sucessivas lesões, Carles Puyol ainda não pensa na aposentadoria. O capitão do Barcelona viu sua temporada passada chegar ao fim em março e ainda não está recuperado da quarta cirurgia que fez no joelho direito. Mas ele se nega a pensar em parar e garante que estará pronto para se juntar a Neymar, Messi e cia já no início dos treinamentos para a pré-temporada.

Em sincera entrevista ao jornal catalão Mundo Deportivo, publicada nesta quarta-feira, o jogador falou sobre a sua condição: “Não é o momento de me aposentar. Por mais que eu já tenha sofrido, a vontade e a gana seguem intactas. Com o outro joelho sofri oito meses e ele está perfeito. Cara (repórter), se na próxima temporada eu não estiver bem, vou parar, mas agora só penso em cumprir meu contrato”, garantiu ele.

O defensor passou por uma artroscopia no joelho direito, em março, e há duas semanas operou também o chamado cisto de Baker, no mesmo local. “Estou me recuperando pouco a pouco, mas avançando muito bem. Essa operação não é como as outras, o pós-operatório é doloroso, mas a recuperação é mais rápida. Quando cicatrizar já poderei treinar forte. Minha ideia é treinar desde o primeiro dia da pré-temporada, ainda que de cara eu não treine com todo o grupo”, disse.

Capitão do Barcelona, ele rejeitou as críticas de que se manteve distante do grupo nos momentos difíceis da temporada, como quando a equipe foi eliminada pelo Bayern de Munique na Liga dos Campeões num agregado de 7 a 0. “Eu não estava fora, mas sim dentro do vestiário, acompanhando as partidas. Se tivesse acontecido algo muito grave eu teria aparecido, mas ser eliminado na semifinal da Liga dos Campeões é algo normal”.

Depois de ficar de fora da Copa das Confederações, o zagueiro admite a possibilidade de deixar a seleção, mas diz que isso ainda precisa ser melhor medido. “Minha ideia é me recuperar e depois ver durante a temporada o que acontece. Vou tomar a melhor decisão para o Barcelona. Tenho uma boa relação com Del Bosque e não tomarei uma decisão definitiva nem direi nada até que eu fale com ele”, afirmou Puyol, indicando que pode parar de defender a Espanha para se preservar visando os jogos do Barça.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas