Em julgamento realizado nesta sexta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o zagueiro Durval foi condenado e recebeu suspensão de um jogo. Assim, ele não poderá defender o Santos diante do Vitória, neste sábado, a partir das 18h30, na Vila Belmiro, pela 16ª rodada do Brasileirão.

Durval foi condenado por “praticar jogada violenta”, de acordo com o artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), após dar um carrinho no atacante Lins, do Criciúma, em jogo do Brasileirão disputado no dia 5 de junho. Na ocasião, ele recebeu cartão amarelo do árbitro.

A procuradoria do STJD entendeu que Durval merecia mais do que o cartão amarelo naquela jogada. Por isso, entrou com uma ação que pedia punição ao zagueiro do Santos. No julgamento, ele poderia pegar suspensão de um a seis jogos. E, ao ser condenado, acabou recebendo a pena mais leve.

Com a suspensão de última hora de Durval, o técnico Claudinei Oliveira deve escalar o zagueiro Gustavo Henrique para formar dupla com Edu Dracena diante do Vitória. Para o Santos, ganhar neste sábado é fundamental para evitar terminar a rodada na zona de rebaixamento do Brasileirão.