Atual campeão da Libertadores, o Atlético-MG teve uma estreia na defesa do título apenas para o gasto. Sem a mesma vibração do ano passado, o Galo foi até a Venezuela e venceu o Zamora por apenas 1 x 0, na cidade de Barinas. Essa foi a primeira atuação do meia Ronaldinho Gaúcho na temporada e também foi uma amostra da nova formação do time mineiro, que agora é comandada por Paulo Autuori, substituto de Cuca, que foi para o futebol chinês.

O Zamora chegou a abrir o placar no primeiro tempo, com Falcón, mas a arbitragem acabou anotando impedimento do ataque venezuelano. Na sequência, Ronaldinho teve boa oportunidade de abrir o placar com falta próxima da área, como o astro gosta. No entanto, apesar da boa cobrança, a bola passou rente à trave direita do goleiro Angulo.

Na etapa final, Jô recebeu um tranco dentro da área, mas a arbitragem mandou o lance seguir. O jogo caiu de produção, as duas equipes abusaram dos chutões e da marcação mais ríspida até os momentos finais do confronto quando o time mineiro fez valer a sua superioridade teórica e acabou matando o jogo.

Quando a partida se encaminhava para um sem graça 0 x 0, Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio da esquerda à perfeição para Jô subir mais que a defesa adversária e desviar para a rede de Angulo. Com o resultado, o Galo larga bem no grupo 4 da Libertadores.