Os pilotos que disputarão o GP do Brasil de Fórmula 1 começam a chegar ao País nesta terça-feira visando a prova que fechará a temporada, no circuito de Interlagos, em São Paulo. E, depois de desembarcarem em solo nacional, eles deverão conviver na pista com um fator climático que com frequência se faz presente na corrida na capital paulista: a chuva.

A previsão do tempo indica tempo fechado e com chuva na sexta, no sábado e no domingo, conforme exibe nesta terça o próprio site oficial da F1, que se utiliza de informações meteorológicas da Météo-France. De acordo com a página da categoria, a sexta e o sábado serão chuvosos, sendo que nos dois dias a temperatura deverá variar entre 16ºC e 21ºC. Já para domingo, quando a corrida deverá ser realizada também com tempo fechado, os termômetros deverão variar entre 17ºC e 23ºC.

A previsão do site Climatempo, porém, indica uma tendência climática um pouco diferente para domingo. De acordo com a página do site brasileiro de meteorologia, o sol irá aparecer no dia, mas existe 80% de chances de acontecerem pancadas de chuva na parte da tarde, quando ocorrerá a corrida, marcada para começar às 14 horas (de Brasília).

PNEUS NOVOS – Com a previsão indicando chuva, a Pirelli confirmou que irá disponibilizar para os treinos livres de sexta-feira os pneus com especificações já estipuladas para o campeonato de 2014 da F1. Essa será a primeira vez que as equipes poderão testar compostos que já estão sendo preparados para o próximo ano da categoria.

“Assim como no ano passado, daremos à todas as equipes a oportunidade de testar os pneus do próximo ano durante os treinos livres de sexta-feira, tendo em vista mudanças fundamentais do regulamento técnico para 2014. O Brasil é atualmente o maior mercado da Pirelli, então nós estamos muito ansiosos para voltar para lá”, afirmou Paul Hembery, diretor de automobilismo da fornecedora única de pneus da F1.