enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Pressionado, São Paulo reencontra o Morumbi em duelo com o Ituano

  • Por Estadão Conteúdo

Depois de duas partidas no Pacaembu, diante de Ferroviária e Palmeiras, o São Paulo está de volta ao Morumbi neste domingo, às 16 horas, para enfrentar o Ituano. É a primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista entre os rivais do Grupo D. A volta será na próxima quarta-feira, em Itu.

O retorno ao estádio, que ficou interditado em função dos estragos causados pelas chuvas no início do mês, pode representar um recomeço simbólico para a equipe. Depois de uma fase de grupos difícil, em que só se classificou na última rodada, com um empate diante do São Caetano, a equipe tricolor quer acreditar na recuperação na fase mata-mata. “É a chance que nós temos de surpreender. Ninguém acredita em nosso time”, afirmou Tiago Volpi.

Classificado em segundo lugar em sua chave, o São Paulo terá dificuldades diante de um time bem armado e que somou bons resultados na primeira fase, entre eles, a goleada sobre o Santos por 5 a 1.

Os desfalques são-paulinos vão ser os meias Hernanes e Nenê, que estão contundidos, e o zagueiro Arboleda, com a seleção equatoriana. Igor Gomes deverá ter nova chance no meio-campo.

A principal esperança de um futebol ofensivo é o atacante Antony, que vem ganhando espaço com um estilo de jogo objetivo e cheio de dribles. Destaque na conquista da Copa São Paulo em janeiro, ele virou titular absoluto com Vagner Mancini.

O São Paulo vem passando por um momento turbulento dentro e fora de campo. No início da semana, o goleiro Jean se desentendeu com Mancini e foi afastado. Já a torcida vem protestando contra a diretoria. Tudo isso, porém, é deixado de lado pelo Ituano.

Para o confronto, o Ituano adota um discurso de respeito ao adversário e espera dois jogos complicados. “A gente deixa para o torcedor dos rivais falar que o São Paulo está fragilizado. São dois jogos muito difíceis e temos que fazer por onde para ficar com a vaga na semifinal”, explicou o goleiro Pegorari.

O técnico Vinícius Bergantin parece saber como pode avançar às semifinais. “Fizemos bons jogos nesta primeira fase e precisamos usá-los como exemplo. O jogo contra o Santos e o segundo tempo diante do Palmeiras têm a intensidade de partidas mata-mata. Temos que dar esse algo a mais e minimizar os erros. Só assim sairemos classificados contra o São Paulo”, disse.

Para este primeiro jogo, Bergantin vai ter força máxima. O único desfalque é o atacante Alemão, que não atua desde 8 de fevereiro. O zagueiro Léo Santos, o lateral Jonas e o volante Baralhas foram poupados na derrota para o Corinthians, por 1 a 0, na quarta-feira.

O principal destaque é o atacante Martinelli, que vem despertando interesse de inúmeros clubes e teria conversas adiantadas com o Arsenal. O jovem jogador de apenas 17 anos é o vice-artilheiro do Paulistão, com seis gols, um a menos do que Jean Mota, do Santos. “Acho que o time todo está indo bem e eu estou tendo sorte de marcar os gols. Mas o trabalho é de todos, porque nosso conjunto tem sido forte”, comentou a revelação.

Para muitos, porém, o ponto de equilíbrio do time é o volante Corrêa, de 38 anos, que já passou por diversos clubes, inclusive Palmeiras e Atlético Mineiro, além de ficar seis anos no Dínamo de Kiev. “Acho que nosso time está bem equilibrado. Temos um bom treinador e uma forma de atuar. Em campo, nós estamos mesclando bem a forma de usar a experiência de alguns, como eu, e a juventude e a força de outros meninos de muito talento”, resumiu.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas