Derrota na final do Campeonato Mineiro, eliminação na primeira fase da Copa Sul-Americana e problemas internos. É em meio a esse difícil cenário que o Cruzeiro recebe o São Paulo neste domingo, às 16 horas, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela estreia do Campeonato Brasileiro.

Um resultado favorável, assim, será importante não apenas para começar bem a competição, como para minimizar as últimas decepções e trazer um pouco de tranquilidade ao trabalho do técnico Mano Menezes.

A diretoria, inclusive, concedeu uma entrevista coletiva na última sexta-feira para explicar o momento do clube. “O que a diretoria pensa é que, apesar da perda do Campeonato Mineiro ser muito dolorosa, são coisas do futebol. Já a eliminação no Paraguai não esperávamos mesmo. Liga a luz amarela, mas estamos confiantes de que faremos um bom jogo contra o São Paulo. Confiamos que temos um bom elenco e uma ótima comissão técnica”, comentou Bruno Vicintin, vice-presidente de futebol do Cruzeiro.

Além da sequência negativa de resultados, a equipe descobriu na última sexta-feira que terá o importante desfalque de Rafael Sóbis por até oito semanas, após o atacante sofrer uma lesão proximal na coxa esquerda, na final do Campeonato Mineiro.

Em meio aos desafios, Mano Menezes apostará em algumas mudanças para este domingo. O zagueiro Dedé, por exemplo, deve ganhar a vaga de Caicedo, muito criticado após a eliminação no Paraguai. O centroavante argentino Ábila, por sua vez, será o substituto de Rafael Sóbis, enquanto que Alisson pode ficar com o lugar do meia Thiago Neves. “É bem provável que o Alisson seja o escolhido para ser titular nos próximos jogos”, avisou Mano Menezes.