O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, admitiu nesta terça-feira que não está satisfeito com o desempenho do ataque do time e que o clube segue em busca de um reforço para o setor. Ao falar sobre o assunto, porém, mostrou pessimismo com a possibilidade da contratação de um jogador vindo do exterior até do fechamento da janela de transferências internacionais, que se encerra nesta quinta-feira.

“Estamos atrás de um atacante e os valores que estão pedindo são muito altos. Pelos valores que estão pedindo, dificilmente vai vir alguém de fora do País até quinta”, afirmou o dirigente, em entrevista para a TV Globo.

Antes disso, ele lembrou que o Corinthians não pode se dar ao luxo de desembolsar altos valores para reforçar o seu ataque. “A gente está procurando reforçar o time, mas não vamos fazer loucura não. Vamos deixar para os times que estão gastando muito que contratem”, disse, desta vez para a TV Bandeirantes.

RONALDO – Ao falar sobre a situação do ataque do Corinthians, Andrés disse que segue esperançoso com a possibilidade de Ronaldo recuperar a forma física e o bom futebol que apresentou em 2009 – o jogador completou 100 dias sem jogar pelo time nesta terça-feira. “O Ronaldo entrar em forma não depende de mim, depende dos preparadores físicos, mas daqui a pouco ele estará voltando ao time. Todo mundo queria ver o Ronaldo em campo, mas o problema é que se ele voltar antes e machucar é pior ainda”, ressaltou.

O dirigente ainda reforçou que Ronaldo vem sofrendo para atuar por causa dos seguidos problemas que enfrentou nos últimos tempos, como por exemplo duas lesões amargadas neste ano e as cirurgias no joelho a que se submeteu em outras temporadas. “Pelas lesões que ele teve e pela idade, é muito mais difícil para ele voltar a jogar do que para outros jogadores que se recuperam de lesão”, analisou.

NOVO ESTÁDIO E CT – Além de comentar sobre Ronaldo e possíveis reforços para o ataque, Andrés comemorou nesta terça o fato de o Corinthians estar próximo de inaugurar o seu novo Centro de Treinamento e também de anunciar o projeto escolhido para construção do seu estádio.

“Muita gente duvidada (da construção), mas realmente vai ser um dos maiores (centros de treinamento) que existem. O Corinthians precisava e o CT é uma das coisas mais importantes que estão sendo feitas”, disse, para em seguida falar do futuro estádio corintiano.

“O estádio está mais próximo do que o torcedor do Corinthians imagina. Em menos de um mês devemos anunciar a sua construção. Temos três projetos, dois em Guarulhos e um em Itaquera, vamos ver qual vai ser o mais rentável e anunciar o escolhido nos próximos dias”, prometeu.