Apresentamos, a seguir, as principais características de alguns potros dos Haras Mineral Park, que já chegaram ao Tarumã e poderão participar do Grande Prêmio Turfe Paranaense – 1.ª Copa ACPCCP, marcado para os dias 29 e 30 de janeiro: Lampión, por First American e Kano Girl (Executioner), de criação do Haras Fazenda Caporanga; Liebre Ligeira, por Astor Palace e Takelalua (Kenético), de criação do Haras Novo Mossoró; Litúrgica, por Music Prospector e Go Go Go Girl (Tokatee), de criação do Haras Novo Mossoró; Lua Latina, por Romarin e Ave Latina (Soberbo), de criação do Haras Novo Mossoró; e Opier, por Irish Fighter e Honolulu Beach (Midnight Tiger), de criação da Agropecuária e Haras Roll.

Delmar Lima Albres

Conforme noticiamos na edição de ontem, o treinador Delmar Lima Albres conta com oito produtos de 2 anos, todos de criação do Haras Ponta Porã, que poderão participar da penca dos dias 29 e 30 de janeiro: Namorada Nova, por Purple Mountain e Goodnight Sweet (Lupin); Nativo da Fronteira, por Romarin e Bucksweet (Buckfinder), Nelore Porã, por Romarin e Factory of Dream (Lupin); Nhá Chica, por Romarin e Jinga Carioca (Minstrel Glory); Niarana, por Romarin e Gran Bina (Lupin); Nico Grande, por Exile King e Discórdia (Ducan); e Nota Promissória, por Exike King e Financial Affair (Black Tie Affair).

Os animais do Haras Mineral Park estão alojados nas cocheiras de Mário Aparecido Santos, enquanto os potros que vieram do Haras Ponta Porã estão nas cocheiras do Haras Cifra.