A diretoria da Portuguesa oficializou na noite desta sexta-feira a contratação do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, que assinou contrato até o final do ano. Ele será apresentado para a imprensa na segunda, no Canindé, como substituto de Vagner Benazzi, demitido na última quinta, um dia após a derrota para ao Fluminense, por 1 a 0, pela Copa do Brasil.

Após a entrevista coletiva, o novo treinador comandará o seu primeiro treino na Lusa, já visando o jogo de volta com o Fluminense, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, quarta-feira, no Rio de Janeiro.

Junto com Vadão também chegam ao Canindé o auxiliar técnico Gersinho e o preparador físico Walter Grassmann. Os dois trabalharam com ele ano passado no Guarani, quando a equipe de Campinas conquistou o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. Em 2008, o treinador subiu com o Vitória.

Vadão ganhou fama nacional no início da década de 1990, quando comandou o Mogi Mirim em uma empolgante campanha no Campeonato Paulista, que rendeu ao time do interior de São Paulo o apelido de “Carrossel Caipira”. Também pelo Mogi, foi campeão paulista da Série A-2, em 1993. Dois anos mais tarde, conquistou a Série C do Brasileiro pelo XV de Piracicaba.

Vadão alcançou o seu primeiro grande título em 2000, quando foi campeão paranaense pelo Atlético-PR. Um ano mais tarde, levou o São Paulo ao título do Torneio Rio-São Paulo, e em 2008 conquistou o Campeonato Baiano pelo Vitória.