Embora tenha Cristiano Ronaldo, a seleção portuguesa não faz parte do grupo das principais favoritas ao título da Eurocopa, pois a imensa maioria dos jogadores da seleção possui um nível técnico bem inferior ao do grande astro do Real Madrid. Entretanto, antes da estreia diante da Islândia, nesta terça-feira, às 16 horas (de Brasília), em Saint-Étienne, o técnico Fernando Santos e o meio-campista João Moutinho fizeram questão de enfatizar nesta segunda que o país está na França com a ambição de se tornar campeão desta edição da competição continental.

“Temos um objetivo final que têm todas as seleções, que é vencer a Euro. Já demonstramos essa ambição e esse querer. Mas temos de ir jogo a jogo porque se pensarmos já na final podemos nem passar à fase de grupos”, afirmou Moutinho.

Eliminado na primeira fase da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, Portugal foi vice-campeão da Eurocopa de 2004, quando foi surpreendido pela Grécia, em casa, naquela que foi a primeira grande decepção da carreira do então garoto Cristiano Ronaldo. Quatro anos depois, na edição 2008 da competição continental, os portugueses foram superados pela Alemanha nas quartas de final, quatro anos antes de caírem nos pênaltis diante da Espanha, nas semifinais da Euro de 2012.

Fernando Santos, por sua vez, lembrou que Portugal não terá facilidade para fazer valer o seu teórico favoritismo diante da Islândia, contra quem espera travar um jogo “muito equilibrado”. “É uma grande equipe, muito bem organizada, com um excelente treinador, que sabe o que quer e assume todos os momentos do jogo”, analisou o comandante.

A seleção portuguesa tem uma dúvida em sua escalação para o jogo diante da Islândia. O atacante Quaresma deixou o treino do último domingo com dores na coxa direita e, caso não possa atuar, deverá ser substituído por Nani, que faria dupla ofensiva com Cristiano Ronaldo.

No jogo que abre a primeira rodada do Grupo F, a Áustria enfrenta a Hungria, às 13 horas (de Brasília), em Bordeaux. Para os austríacos, não perder será um resultado fundamental, pois na segunda rodada eles terão pela frente os portugueses, grandes favoritos a conquistar uma das vagas nas oitavas de final.