Desde 2011, quando foi comprado por um grupo do Catar, o Paris Saint-Germain passou por diversas mudanças em campo, com o investimento de milhões em grandes reforços como Ibrahimovic, Lavezzi, Pastore e, mais recentemente, Lucas. Nesta quinta-feira, no entanto, estas mudanças atingiram uma esfera inesperada: o símbolo do clube.

O PSG anunciou uma alteração no seu escudo, com o objetivo de “aumentar a identificação com a cidade”, como explicou o comunicado oficial no site do clube. A partir da próxima temporada, a parte de cima do símbolo terá escrito apenas “Paris”, ao invés do nome completo da equipe, como acontece atualmente. O “Saint-Germain” aparecerá na parte de baixo, no lugar que hoje é ocupado pelo ano de criação do clube: 1970.

De acordo com o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, “mudar o logo do Paris Saint-Germain é um marco na implementação da nossa ambição para transformar o clube em uma das maiores marcas mundiais de esportes”.