enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Popó luta amanhã. É hora do brasileiro faturar

  • Por Agência Estado

O pugilista brasileiro Acelino Popó Freitas de 27 anos, entra no ringue do UIC Pavilion, à meia-noite de hoje, em Chicago, para defender os cinturões dos superpenas da Associação Mundial de Boxe (AMB) e Organização Mundial de Boxe, diante do mexicano Juan Carlos Ramirez. De quebra, o melhor boxeador nacional da atualidade, que não tem patrocínio fixo, terá a oportunidade de ganhar o dinheiro necessário para se manter nos quatro ou cinco meses que separam um duelo do outro.

Além de receber a bolsa oferecida por seu empresário, Art Pellullo, Popó também tem contrato com o canal Showtime, que ainda organizará seus dois próximos combates. Com a transmissão ao vivo da TV Globo, o pugilista receberá uma parte das cotas de publicidade vendida pela emissora. Até ontem apenas uma cota havia sido negociada.

Na quinta-feira à noite, em Chicago, o brasileiro também participou de um evento promocional da Everlast, empresa norte-americana de produtos de boxe, que fornece equipamento para o campeão mundial. Segundo sua mulher, Eliana, que também está em Chicago, Popó deverá subir no ringue com uma logomarca no calção de uma fábrica de móveis brasileira.

Preocupado com o futuro, além de ajudar a família, Popó investe seu dinheiro em imóveis e terrenos em Salvador e imediações, com a orientação de Eliana, formada em Administração de Empresas.

Com uma vitória diante de Ramirez, Popó poderá buscar um outro cinturão: o do Conselho Mundial ou da Federação Internacional de Boxe.

Popó vai tentar a 33.ª vitória consecutiva como profissional, carreira iniciada em 1995. Ele soma 29 nocautes. Ramirez de 25 anos, é natural de Juarez, Chihuahua, México, e vai tentar a 30.ª vitória. Ele soma 12 nocautes e quatro derrotas.

Quinta-feira, na entrevista coletiva, Ramirez disse que a única forma de derrotar Popó é ir ao ataque. “Só conseguirei a vitória se nocauteá-lo.” Popó mostrou confiança, ao dizer que a vitória sobre o cubano Joel Casamayor, em janeiro de 2001, em Las Vegas, o colocou no maior degrau do boxe internacional. “passe a fazer parte do grupo de Lennox Lewis, Oscar De La Hoya e Roy Jones Jr.”

A principal preliminar de Popó x Ramirez vai reunir os invictos norte-americanos cruzadores Felix Cora Jr. (dez vitórias, com cinco nocautes) e Michael Simms (12 vitórias, dez nocautes). Os dois se enfrentaram na eliminatória do time olímpico dos Estados Unidos para Sydney/2000. Na oportunidade, a vitória foi de Simms.

Os portões do UIC Pavilion serão abertos às 16 horas (19 horas de Brasília) e o primeiro duelo terá início às 17 horas (20 horas de Brasília). Os ingressos custam US$ 35, US$ 50 ou US$ 150.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas