enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Ponte Preta bate Londrina e amplia invencibilidade para 7 jogos na Série B

  • Por Estadão Conteúdo

A Ponte Preta completou seu sétimo jogo de invencibilidade nesta segunda-feira ao derrotar o Londrina por 3 a 1, no Estádio do Café, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a última antes da parada para a disputa da Copa América. De quebra, o time campineiro retornou ao G4, ainda que possa ser ultrapassado na sequência da jornada.

Com a primeira vitória de um time visitante no Estádio do Café na segunda divisão, a Ponte Preta atingiu o quarto lugar, com 15 pontos, contra 16 de Bragantino e Botafogo-SP, que ainda jogam na rodada, e Londrina. O Sport, em quinto, tem 12.

O jogo começou em ritmo lento, mas só foi o Londrina inaugurar o marcador que tudo mudou. Aos 21 minutos, Arthur Caculé cobrou escanteio na cabeça de Matheus Bertotto. O volante desviou de cabeça para fazer 1 a 0. A resposta da Ponte Preta foi imediata. Matheus Vargas fez grande jogada e chutou do meio da rua, sem chance para Matheus Albino.

O primeiro gol sofrido no Estádio do Café desestabilizou o Londrina, que deu ainda mais espaço para a Ponte Preta. O time campineiro foi para o abafa e acabou virando aos 48 minutos. Airton aproveitou a cobrança de escanteio e jogou na trave. A bola sobrou limpa para Renan Fonseca, que só teve o trabalho de empurrar.

O panorama do segundo tempo não foi muito diferente. O Londrina tomou a iniciativa, mas não demorou para ser dominado pela Ponte Preta. O time campineiro foi mais eficiente e fez o terceiro aos oito minutos. Matheus Vargas puxou contra-ataque e deu para Roger. O atacante acionou Marquinhos, que só completou.

Com a vantagem, a Ponte Preta recuou e chamou o Londrina para o seu campo de defesa. O time paranaense, então, cansou de perder oportunidades de diminuir. Em uma delas, Paulinho Moccelin arriscou, a bola desviou e ficou com Ygor. Na sequência, foi a vez de Safira exigir boa defesa do goleiro.

Antes do apito final, Alisson Safira viu o gol aberto e tentou marcar com a mão. O árbitro flagrou o movimento e expulsou o atacante. Com um a mais, a Ponte Preta teve ainda mais facilidade de controlar a partida e confirmar três pontos importantes.

Na próxima rodada, após a Copa América, a Ponte Preta enfrenta o Oeste, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Londrina visita o Operário no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR). Datas e horários desses duelos serão definidos pela CBF.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA 1 X 3 PONTE PRETA

LONDRINA – Matheus Albino; Raí Ramos, Augusto, Marcondes e Felipe; Rômulo (Anderson Leite), Matheus Bertotto e Arthur Caculé (Luidy); Paulinho Moccelin, Alisson Safira e Diego (Anderson Oliveira). Técnico: Alemão.

PONTE PRETA – Ygor; Arnaldo (Diego Renan), Airton (Trevisan), Renan Fonseca e Abner; Edson, Camilo, Marquinhos (Dadá), Matheus Vargas e Gerson Magrão; Roger. Técnico: Jorginho.

GOLS – Matheus Bertotto, aos 21, Matheus Vargas, aos 23, e Renan Fonseca, aos 48 minutos do primeiro tempo. Marquinhos, aos oito minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Diego Pombo Lopez (BA).

CARTÕES AMARELOS – Airton e Ygor (Ponte Preta).

CARTÃO VERMELHO – Alisson Safira (Londrina).

RENDA – R$ 94.366,00.

PÚBLICO- 9.063.

LOCAL – Estádio do Café, em Londrina (PR).

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas