A Ponte Preta desperdiçou a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, mesmo que provisoriamente. Cumprindo o seu segundo jogo de cinco da pena imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o time campineiro ficou somente no empate, por 1 a 1, diante do Vila Nova, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), pela 21.ª rodada.

Após fazer um excelente primeiro tempo, a Ponte Preta abriu o placar com João, mas no segundo tempo o time voltou desligado e sofreu o empate com gol de Leandro Cearense. Com o empate, o segundo atuando na cidade de Araraquara, a Ponte Preta segue na segunda colocação, com 39 pontos. O time campineiro tem a mesma pontuação da líder Portuguesa, que joga neste sábado diante do Paraná, em São Paulo, mas leva desvantagem no critério de saldo de gols: 22 a 14. Já o Vila Nova é o 16.° colocado, com 24 pontos, ainda lutando contra o rebaixamento. Mas somou um ponto após três derrotas seguidas.

A Ponte Preta teve amplo domínio no primeiro tempo e com quatro volantes – os meias Renato Cajá e Renatinho desfalcaram o time por conta de lesões – impediu que o Vila Nova conseguisse criar chances. Melhor em campo, a Ponte Preta abriu o placar aos 11 minutos. Em cobrança ensaiada de falta, João Paulo Silva rolou para Uendel, que ajeitou para o volante chutar no ângulo direito. A bola ainda tocou na trave antes de balançar as redes do Vila. Aos 26 minutos, Josimar quase ampliou com uma cabeçada, mas a bola parou no travessão do time goiano.

Quando começou o segundo tempo, o técnico Gilson Kleina resolveu arriscar e colocou o meia-atacante Márcio Diogo na vaga do volante Xaves. A mudança foi como um suicídio para o esquema da Ponte. O erro de Kleina ficou evidente logo aos três minutos, quando o Vila Nova empatou. Leandro Cearense aproveitou bola alçada na área, sem antecipou à zaga e desviou de cabeça.

Após a expulsão de Adilson, a Ponte Preta voltou a pressionar, mas parou nas defesas do inspirado goleiro Michel Alves.

Agora, pela 22.ª rodada, a Ponte Preta volta a campo na próxima sexta-feira, às 20h30, quando encara o Icasa, no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE). Já o Vila Nova volta a campo no sábado, às 16h20, diante do Boa, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Ficha técnica

Ponte Preta 1 x 1 Vila Nova

Ponte Preta – Júlio César; Murilo (Tiago Luís), Leandro Silva, Wescley e Uendel; Xaves (Márcio Diogo), Josimar, João e Gérson; Ricardinho (Lúcio Flávio) e Ricardo Jesus. Técnico: Gilson Kleina.

Vila Nova – Michel Alves; Luizinho, Augusto, Ben Hur e Marquinhos; Jairo, Geovane (Leandro Cearense), Adilson e David; Davi Ceará (Luiz Fernando) e Bergson (Ricardinho). Técnico: Artur Neto.

Gols – João, aos 11 minutos do primeiro tempo; Leandro Cearense, aos 3 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Xaves (Ponte Preta); Geovane (Vila Nova).

Cartão vermelho – Adilson (Vila Nova).

Árbitro – Gleidson Santos Oliveira (BA).

Renda – R$ 6.846,00.

Público – 1.058 pagantes.

Local – Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP).