A PM deixou claro às duas torcidas
que vai manter o plano de coibir
abusos para a segurança do clássico.

A Polícia Militar não aliviou e as normas de segurança utilizadas no Atletiba estão mantidas para o clássico de amanhã, entre Coritiba e Paraná, no Couto Pereira. Isso significa que as camisas de torcidas organizadas continuam proibidas, assim como o uso de camisas dos times dentro dos coletivos. Também está vetada a venda de bebidas alcoólicas nos arredores do estádio e o uso de faixas e instrumentos musicais nas arquibancadas.

Segundo o capitão César Alberto Souza, do setor de planejamento do Comando de Policiamento da Capital, não foi possível abrir exceções. “Desde fevereiro do ano passado utilizamos um esquema elaborado em conjunto e não é possível alterá-lo de uma hora para outra”, justificou. O comando do policiamento do jogo será de responsabilidade do capitão Eron Ulisses Donadello, do 12º Batalhão.

Na reunião realizada na manhã de ontem ficou definido que os ingressos para a torcida paranista não serão vendidos no Couto Pereira. Os 2 mil ingressos tricolores, que custam R$15,00, estão à venda em todas as sedes do Paraná. A PM fará um cordão de isolamento nos acessos dos paranistas ao redor do Estádio Couto Pereira, só deixando passar quem tiver o ingresso. A entrada dos tricolores será pela Rua Floriano Essenfelder e independente do resultado do jogo, os eles serão os primeiros a deixar o estádio.

Os ingressos da torcida coxa-branca – 18 mil – estão à venda nas bilheterias do Couto Pereira. Arquibancadas para mulheres, menores de 12 anos e estudantes custam R$10,00, arquibancadas R$15,00, cadeiras inferiores R$30,00 e cadeiras superiores R$50,00.