Michel Platini, presidente da Uefa, elogiou nesta terça-feira a Ucrânia por ter realizado progressos na sua preparação para sediar a Eurocopa de 2012 com a Polônia. O dirigente disse que o nível de alerta em relação ao país caiu de vermelho para laranja.

“Esta é uma excelente notícia para nós”, disse Platini, após encontro do comitê executivo da Uefa. “Nossa última avaliação tem que ir de laranja para verde. Nós ainda não alcançamos este nível, mas estamos indo no caminho correto”, completou.

A Ucrânia, que foi afetada pela crise financeira, foi elogiada pelo surgimento de projetos para construção de hotéis para receber times, dirigentes e torcedores. “De repente, eles acharam novos hotéis”, comentou. “Eu não sei como eles fizeram isto”.

A Uefa surpreendeu em 2007 ao escolher a candidatura conjunta de Polônia e Ucrânia para a Eurocopa de 2012, rejeitando a proposta italiana, que era a favorita por ser considerada uma opção mais segura.

Porém, problemas nos projetos dos estádios, hotéis e transporte levaram a entidade a dar um ultimato ao país em maio, confirmando apenas Kiev como uma das sedes da Eurocopa, mas, mesmo assim, ameaçando tirar a final da capital ucraniana se a cidade não apresentar progressos até 30 de novembro. Lviv, Donetsk e Kharkiv receberam cobranças semelhantes.

As cidades de Polônia e Ucrânia que vão sediar a Eurocopa de 2012 serão definidas oficialmente em encontro dos membros do comitê executivo da entidade entre os dias 9 e 11 de dezembro na Ilha da Madeira, em Portugal.