Nova York (AE) – O Phoenix Suns continua arrasador e com a vitória na rodada de sexta-feira, a sua 16.ª consecutiva, se consolida com a melhor marca da atual temporada da NBA e também da história da equipe. A vítima da vez foi o Milwaukee Bucks, que perdeu por 98 a 90.

O Suns, que ganhou 32 das últimas 34 partidas disputadas, continua como líder da Divisão do Pacífico e já supera o Dallas Mavericks com a melhor campanha da NBA. Para o time de Phoenix, a rodada foi histórica porque ampliou sua segunda seqüência de vitórias nesta campanha, depois das 15 de dezembro, interrompida pelo Washington Wizards.

Agora, o Suns divide o décimo lugar na lista das mais longas seqüências de vitórias de todos os tempos em uma mesma campanha, alcançando a marca mais extensa desde que o Los Angeles Lakers somou 19 e 16, respectivamente, em 2000.

Outro destaque da rodada foi o ala-armador Kobe Bryant, do Los Angeles Lakers, que se tornou o jogador mais jovem a atingir a marca de 18 mil pontos, superando o lendário Wilt Chamberlain. Mas seu time perdeu para o Charlotte Bobcats por 106 a 97, na prorrogação.

Aos 28 anos e 156 dias, Kobe Bryant, que fez 32 pontos na partida, é o jogador mais jovem a chegar aos 18 mil pontos, superando Wilt Chamberlain, que chegou à mesma marca aos 28 anos e 166 dias, enquanto outro lendário jogador, o armador Michael Jordan, registrou tal pontuação aos 28 anos e 359 dias.

Outro jogo

Jogando em casa, o Utah Jazz não se deixou impressionar com a chegada da nova ?dupla dinâmica? da NBA, formada por Carmelo Anthony e Allen Iverson, e venceu o Denver Nuggets por 116 a 111.