O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu punir o volante Petros, do São Paulo, com uma suspensão de quatro jogos por agressão ao zagueiro Tiago, do Bahia, após o apito final do empate por 1 a 1 entre os times, pela última rodada do Campeonato Brasileiro deste ano, no Morumbi.

Com o gancho, Petros pode desfalcar a equipe nos primeiros compromissos das competições nacionais de 2018. Na primeira fase da Copa do Brasil, o São Paulo enfrentará o Madureira, do Rio de Janeiro. Os jogos desta fase do torneio acontecem em fevereiro.

O São Paulo já pediu que a pena de Petros seja convertida em “medidas de interesse social”. Além da punição ao jogador, o clube paulista também foi julgado pelo atraso de cinco minutos no início da partida e terá de pagar uma multa de R$ 10 mil. O time pode recorrer das duas punições.

Na mesma sessão, nesta quinta, o tribunal atribuiu dois jogos de gancho ao atleta do Bahia Juninho Capixaba por jogada violenta, por carrinho em Militão. O clube baiano também pode recorrer.