Contratação mais cara da história do futebol paranaense, o uruguaio Morro García está com os dias contados no CT do Caju. O presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, revelou na manhã desta quinta-feira (24) que pretende encerrar o contrato do gringo.

“Estamos buscando a rescisão da compra do Morro. Sem custo do contrato do jogador, o valor passa de R$ 10 milhões”, disse o mandatário rubro-negro, através de seu perfil na rede de microblogs Twitter.

Petraglia voltou a criticar a administração antiga do clube, que contratou o atleta no ano passado, e lamentou o alto valor gasto pelo atacante, que pouco fez com a camisa do Atlético. “De comissões pagas pelo Morro fora e dentro do Brasil, o valor superar US$ 2 milhões…só vendo para acreditar”, reclamou o dirigente.