Melhor jogador do mundo eleito pela Fifa, Cristiano Ronaldo seria o centro das atenções de qualquer forma na Copa das Confederações. As acusações de fraude fiscal contra ele e o suposto desejo de deixar o Real Madrid, no entanto, atraíram ainda mais os holofotes para o craque na Rússia. Em meio às polêmicas, Portugal entra em campo nesta quarta-feira para encarar a seleção da casa em Moscou, pela segunda rodada do Grupo A do torneio.

Na véspera da partida, o zagueiro Pepe falou sobre o momento atravessado por Ronaldo, manifestou apoio e fez questão de exaltar seu companheiro, com quem atua lado a lado também no Real. “Cristiano é um jogador que está completamente motivado para ajudar Portugal, como ele sempre está”, garantiu.

Depois de empatar com o México na estreia, Portugal precisa derrotar os donos da casa para encaminhar a vaga às semifinais do torneio. E o técnico Fernando Santos também afirmou que as polêmicas em nada atrapalharão Ronaldo ou qualquer outro jogador da equipe na partida, que acontecerá ao meio-dia (de Brasília).

“Amanhã, nós temos uma partida muito importante com a Rússia”, disse. “Todos os jogadores estão concentrados no duelo com os russos, e o Cristiano Ronaldo também está completamente concentrado no jogo que teremos amanhã.”

Se Portugal estreou com empate com Camarões, a Rússia mostrou um bom futebol para confirmar o favoritismo e bater a frágil Nova Zelândia. Além disso, terá a seu favor uma torcida fanática e barulhenta em Moscou. Por isso, os próprios portugueses descartaram o rótulo de favoritos para o duelo.

“Temos um enorme respeito pela Rússia, tem uma equipe com muita qualidade que tem crescido, cada vez mais está entrosada”, comentou Fernando Santos. “Os jogadores da Rússia trabalham muito, dão o máximo. Pressionam muito quem tem a bola. Temos que ter muita humildade. Sabemos que vai ser complicado, mas queremos dar alegria ao nosso país”, completou Pepe.