enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Pentatlo moderno fracassa na busca por vaga olímpica no Pan

Felipe Nascimento foi o quinto a largar na última prova do pentatlo, a combinada de tiro e corrida, e precisava manter a posição para se classificar para os Jogos Olímpicos do Rio. Mas o brasileiro acabou ultrapassado por dois rivais e terminou apenas no sétimo lugar nos Jogos Pan-Americanos, neste domingo, fora da Olimpíada.

O pentatlo moderno distribuiu cinco vagas para o Rio-2016 pelo Pan em cada uma das suas provas. Uma necessariamente precisava ir para a América do Sul. Por isso, também bastava a Felipe ser o melhor sul-americano. Mas nem isso aconteceu.

Ele perdeu posição para um norte-americano e para um chileno, acabou se distanciando do argentino Emmanuel Zapata e terminou em sétimo, sem a vaga olímpica. Ficou a 0s48 de se classificar para os Jogos do Rio.

Danilo Fagundes deu azar no hipismo. Pegou um cavalo ruim (os animais são sorteados) e não pontuou nesta modalidade. Terminou apenas na 22.ª colocação. O ouro foi para o guatemalteco Charles Fernandez, seguido do mexicano Ismael Uscanga e do norte-americano Nathan Schrimsher.

Assim, o Brasil se despede das competições de pentatlo moderno dos Jogos Pan-Americanos com uma esperada medalha de ouro de Yane Marques, mas sem cumprir com a principal meta para Toronto, que era obter vagas olímpicas.

No feminino, Yane era “café com leite” porque se classificou ao Rio-2016 com o bronze no Mundial. As demais brasileiras competiam contra as argentinas, mas acabaram atrás delas. Larissa Lelys foi 13.ª colocada e Priscila Oliveira. As irmãs Pamela e Ayelen Zapata ficaram em nono e 10.º lugar, respectivamente.

Os brasileiros que ainda quiserem se classificar para a Olimpíada precisam ficar entre os três primeiros do Mundial do ano que vem ou no Top 6 do ranking mundial (descontando os atletas que já têm vaga por outros meios), o que é bastante improvável que aconteça. No feminino, Yane está garantida e, por isso, o convite para o Brasil foi cancelado. No masculino, o País poderá levar um atleta ao Rio como país sede.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas