São Paulo – O meia Pedrinho, definitivamente recuperado da lesão no ligamento cruzado anterior que sofreu no joelho esquerdo, concedeu uma entrevista coletiva ontem na Academia de Futebol. Anunciou que dentro de 15 dias estará apto para treinar com os demais companheiros. “O carinho que recebi de vários setores do clube me deu uma força ainda maior para pensar que meu retorno será um sucesso”.

Pedrinho contundiu-se em novembro do ano passado em uma partida contra o Vasco pelo Brasileiro, disputada em São José do Rio Preto. Dias depois, submeteu-se a uma delicada intervenção cirúrgica. “A recuperação foi comprovada por um exame de ressonância magnética. Agora, ele precisa apenas de um trabalho de fortalecimento muscular”, afirmou Vinícius Martins, um dos médicos do Palmeiras.

O meia afirmou que o controle emocional foi essencial para que não perdesse a motivação. “A medicina está tão avançada que tinha certeza de que voltaria a jogar normalmente. Não poderia jamais pensar apenas em mim, tenho uma família por trás que depende do meu trabalho”.

Pedrinho confessou ter seguido o exemplo de Ronaldo, que recuperou-se de uma grave contusão no tendão patelar e tornou-se artilheiro da última Copa. “Garanto à torcida do Palmeiras que verá em campo o mesmo jogador de sempre. Jamais irei fugir de divididas, a contusão não me deixou traumatizado”.

O meia terá que disputar a posição com Zinho e Lopes, mas mesmo assim acredita que seu espaço está garantido.