Não era o esperado, mas o Paysandu conseguiu se manter firme no G4, a zona de classificação, da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, na abertura da 25.ª rodada, o time paraense conseguiu arrancar um empate contra o Paraná por 1 a 1, com gol nos minutos finais, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, e se manteve entre os líderes.

O Paysandu segue como vice-líder, agora com 44 pontos, mas com a companhia do Bahia, que venceu o Bragantino por 3 a 2, em Salvador, e igualou a pontuação. O time paraense leva vantagem no número de vitórias: 13 a 12. O Paraná é o 10.º colocado, com 33 pontos.

O time paranaense não deu chances ao adversário e começou em cima, forçando as jogadas no atacante Carlão, que mostrou seu repertório logo aos oito minutos em finalização que assustou Emerson. Em seguida, o centroavante foi ousado e, de bicicleta, carimbou o travessão. Apesar de sofrer para segurar o ímpeto, o Paysandu saiu para o jogo, sempre pelo lado esquerdo com João Lucas, mas a defesa paranista conseguiu controlar bem o jogo.

Os donos da casa conseguiram abrir o placar aos 30 minutos. Rafael Costa dominou de frente para o gol e, sem muitas opções para o passe, arriscou de fora da área. O chute saiu cruzado e foi no contrapé de Ivan, sem chances de defesa.

O time paraense tentou responder logo em seguida. Depois de cruzamento, Welinton Júnior tentou, mas carimbou Luiz Felipe. A bola ia entrando, mas o goleiro Felipe Alves conseguiu tirar de soco, em lance bastante estranho. O ataque visitante reclamou bastante que a bola ultrapassou a linha.

O segundo tempo foi bem mais equilibrado. O Paysandu encontrou dificuldades em penetrar na defesa adversária e só conseguiu levar perigo aos 15 minutos. O técnico Dado Cavalcanti resolveu abrir o time com a entrada de Misael na vaga de um volante e foi recompensado. Yago Pikachu enfiou grande bola do campo de defesa e encontrou Wellinton Júnior entrando em diagonal. De frente para o gol, o atacante teve calma e tocou na saída de Felipe Alves. O Paraná se jogou ao ataque, sem sucesso. O empate estava decretado.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, quando haverá a 26.ª rodada completa. O Paraná viaja para encarar o Luverdense, às 20h30, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), enquanto que o Paysandu recebe o ABC, no estádio Mangueirão, em Belém, no mesmo horário.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 1 x 1 PAYSANDU

PARANÁ – Felipe Alves; Ricardinho, Luiz Felipe, Luciano Castán e Rafael Carioca; Fernandes, Gustavo Sauer (Lúcio Flávio), Rafael Costa (Paulo Henrique) e Gabriel Leite (Anderson Uchoa); Henrique e Carlão. Técnico: Fernando Diniz.

PAYSANDU – Ivan; Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Fahel (Misael), Augusto Recife (Gilson), Jhonnatan e Carlinhos (Edinho); Wellinton Júnior e Betinho. Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS – Rafael Costa, aos 30 minutos do primeiro tempo; Wellinton Júnior, aos 34 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Luiz Felipe, Luciano Castán e Rafael Carioca (Paraná); Augusto Recife, Fahel, Ivan, Yago Pikachu e Wellinton Júnior (Paysandu).

ÁRBITRO – Célio Amorim (SC).

RENDA – R$ 48.775,00.

PÚBLICO – 3.424 pagantes.

LOCAL – Estádio Durival de Brito, em Curitiba (PR).