Porto Alegre -Uma ausência bastante sentida nas comemorações do título mundial inédito conquistado pelo Internacional, que tomaram a cidade de Porto Alegre, foi a do preparador-físico Paulo Paixão. O preparador-físico, que foi campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002, no mesmo estádio de Yokohama, no Japão, permaneceu em Paris e deve seguir para Moscou, capital da Rússia, nas próximas horas. Lá, Paixão pretende negociar sua transferência para o CSKA, da Rússia. No clube russo, jogam os brasileiros Daniel Carvalho (revelado pelo Internacional), Dudu Cearense e Vágner Love.

O futuro presidente do Internacional e atual vice de futebol, Vitório Píffero, confirmou as negociações envolvendo o preparador-físico do Colorado. ?O professor Paixão, após a Libertadores, tinha o sonho de chegar ao Japão e conseguir o título. E conseguiu. Já sabíamos que havia chegado a hora de ele alçar novos vôos?, reconheceu, em tom de despedida. Se confirmada a saída de Paulo Paixão, o Internacional poderá efetivar no cargo o auxiliar direto dele, Eduardo Silva, que trabalha no clube há sete anos.

Renovação

Ainda que esteja deixando o cargo de presidente do clube, o presidente Fernando Carvalho, mais uma vez, mostrou habilidade. Durante o vôo de retorno do Colorado ao Brasil, o dirigente contatou o empresário do zagueiro Índio e alinhavou a renovação do contrato do craque.

Na tarde de ontem, enquanto comemorava com a torcida e os demais jogadores, Índio -um dos principais destaques do Inter na final do mundial, contra o Barcelona – recebeu um telefonema do empresário, comunicando a renovação. Inicialmente, o procurador do atleta tinha planos para encaixá-lo em algum clube europeu. O zagueiro permanecerá no Colorado até dezembro de 2007.

Negócios

Em relação a reforços, o Colorado também já está se mexendo. O clube volta todas as suas forças para trazer o avante Dagoberto, do Atlético. De outra parte, o Fluminense demonstrou interesse em contar com o ala-direito Élder Granja e com o zagueiro Fabiano Eller para a próxima temporada. O volante Fabinho já rescindiu seu contrato com o Colorado e viajou para o interior paulista.